Day 1: anti-crisis

by Cláudio Vilarinho

© João Henriques - José Sócrates

 

Ontem, o Primeiro-Ministro apresentou a demissão ao Presidente da República, na sequência da rejeição do Programa de Estabilidade e Crescimento 2011-2014 (PEC 4), pela Assembleia da República.

O país entrou em crise política.

Hoje, dia 24 de março de 2011, logo pela manhã, na Empresa na hora, localizada na Exponor, Matosinhos, nasce a Cláudio Vilarinho – Arquitectura e Design, Lda. Esta nova medida, surge no intuito de estabelecer continuidade natural à profissão. Em pouco mais de uma hora, uma nova empresa foi criada. Ao longo da manhã seguiram-se questões burocráticas, tais como a abertura de conta bancária ou a comunicação com uma nova personagem a ter em conta no escritório, o contabilista. O mesmo informa-me de uma série de itens a atualizar, nomeadamente alterações de entidades nas faturas de água, luz, etc.

No escritório, as duas colaboradoras vão a meio da execução da maquete à escala 1:1000, trata-se de um modelo tridimensional de estudo para um concurso a entregar em junho (por questões de confidencialidade óbvias não convém detalhar).

Yesterday, the Portuguese Prime Minister presented his resignation letter to the President due to the rejection of the Stability and Growth Program 2011-2014 (PEC 4) at the National Assembly.

The country is now in political crisis.

Today, March 24th of 2011, early in the morning, in the company Empresa na hora, located at the Exponor center in Matosinhos, Cláudio Vilarinho – Arquitectura e Design, Lda is born. This new measure, comes in order to provide a natural continuation to the profession. In just over one hour, a new company was created. Throughout the morning, several burocratic aspects were discussed, like the opening of a new bank account or the communication with a new character that is now part of the office team – the accountant. He informs me of a number of items which I have to change after this step, like the bills of water, light, among others.

In the office, the two collaborators are building a model at the scale 1:1000. This volumetric piece will be one of our work instruments to a competition that we will participate and that has a deadline date for the month of June (for confidentiality reasons we can’t provide more details).